30/07/14

A CULPA DA FEIÚRA NUNCA É DO ESPELHO

Por Perez Luiz Mangueira

O prefeito João Porfírio, do PSD, e um time de espertalhões de plantão que faz fortuna ás custas do povo, adquirindo casas e carros de baronato, lojas, posto de gasolina, anda injuriada comigo  em razão da exposição que sofrem perante o Brasil e o mundo  por causa dos seus malfeitos administrativos.

Tal fato me lembra a piada do sujeito que,  ao flagrar a  esposa com o vizinho no sofá,  considerou  melhor solução para seus cornos vender o sofá.

O prefeito João Canabrava e sua turma,   praticantes de trampolinagens das mais variadas formas,  anda a considerar-me  como responsável por suas travessuras,  que não tem cabimento, como não tem  cabimento culpar  o sofá.

Na verdade,  do trabalho realizado digo  que se trata do direito de expressão e manifestação de pensamento consagrado na Constituição Federal brasileira.

Ou o direito de um filho de Pilão que vê o seu povo oprimido,  sua gente empobrecida pela roubalheira desenfreada, prostrada  e indefesa, sofrendo á mercê de pessoas sem escrúpulos, sem princípios, sem freios e  sem temor de Deus e das leis vigentes que tudo lhes subtrai,  a esperança e dignidade aí incluídas.


Dizendo de outra forma, não é quem fala ou denuncia os malfeitos ou confessa a feiúra, o culpado, mesmo porque, se a culpa do crime jamais é da faca,  a culpa da feiúra nunca é do espelho. 

PILÃO ARCADO NOVAMENTE NA TELEVISÃO?


A Reportagem  Laranjas do Sertão, veiculada na TV Record em rede Nacional e em 145 Países, poderá ser reexibida caso  a reportagem, que alcançou índices extraordinários de audiência, seja premiada em qualquer dos prêmios de jornalismo nos quais foi inscrita.

 A  eleição para escolha da reportagem  será feita por uma banca composta por profissionais do mercado de jornalismo que todos os anos premia as melhores reportagens, documentários e programas da televisão, rádios e jornais.
 A reportagem Laranjas do Sertão concorre aos prêmios (Esso, Vladimir Herzog, ETCO, Líbero Badaró, CNT e outros).

Resultado das denúncias feitas em 2013 pelo Secretário Geral da Sertão Vivo. Dr. Perez Luiz Mangueira, que durante anos luta contra a corrupção no município de Pilão Arcado, a reportagem Laranjas do Sertão exibida em cores dramáticas de muito sofrimento, chocou o Brasil e o mundo pela forma como o dinheiro público é desviado para a riqueza de poucos e sofrimento de muitos, por vários e criativos esquemas de corrupção praticados pelo prefeito, vereadores, comerciantes, secretários e funcionários do primeiro escalão.

Com a possibilidade real de a reportagem Laranjas do Sertão vencer numa das categorias nas quais foi inscrita, o que será motivo de muito orgulho para a TV brasileira, a TV Record  considera a possibilidade segundo afirmou o mesmo produtor da reportagem, Cristiano Roste, de que ocorra a reprise da reportagem, inclusive com o envio de equipe para o município fazendo o caminho de volta da reportagem, com as perguntas:

O que mudou para a população após a reportagem? Quais as providências dos órgãos fiscalizadores, CGU, Ministério Público Estadual, Federal, Polícia Federal  foram tomadas em relação ás denúncias veiculadas?


O Presidente da Sertão Vivo Edvaldo Santos e o Secretário Geral, Dr. Perez Mangueira, estão confiantes que a reportagem ganhará o prêmio de melhor reportagem de jornalismo no ano 2014, e mais ainda, esperam que os órgãos fiscalizadores dêem resposta convincente, de preferência com punições, aos culpados pelos desvios dos recursos públicos, tanto para os cidadãos pilaoarcadenses como   para a sociedade brasileira.


Por Edvaldo Santos

23/07/14

Encontro dos Filhos de Pilão Arcado/BA - CTN

Caros internautas,

Não fique de fora.
Convide os amigos, a família, colegas de trabalho, divulgue nas redes sociais, vamos fazer deste encontro um marco histórico para a Sertão Vivo.



20/07/14

BENTO CARNEIRO, UM VAMPIRO BRASILEIRO



Perez Luiz  Mangueira



Bento Carneiro, o vampiro brasileiro que cuspia maldições era um divertido personagem do grande e saudoso humorista  Chico Anísio e o trago aqui  para falar de sangue e no caso, o sangue e vida sofrida de 22  pilaoarcadenses que em razão do mau funcionamento dos rins, necessitam viajar para Juazeiro duas vezes na semana para sessões de hemodiálise.

Esses sofredores viajam, portanto, 2 vezes por semana e as  52  semanas durante o ano.
Considerando-se os aproximados 300 km do trajeto Pilão-Juazeiro, eles rodam, incluída a volta,  62.400 km  ao ano ou o equivalente a 30 viagens  para São Paulo!

Considerando-se o tempo, levando-se em conta  6 horas de viagem da ida e volta  Pilão-Juazeiro,  as  104 viagens  (duas por semana), consomem   624 horas ao ano da vida daquelas pessoas, ou 26 dias  inteirinhos, quase um mês , dos 12,  dentro de uma van!

A Prefeitura, por sua vez, pela forma com atende essas pessoas,  dá aulas de má administração, passa atestado de burrice e ainda   gasta R$ 239 mil reais ao ano:  R$ 150.700,00 mil contratando a Van do Ademilson em nome de Fernanda de Almeida  e 89 mil reais contratando a  van da vice – prefeita (em nome de laranjas), estes afinal de contas afinal de contas os únicos que dão risada.



Entenderam quem pode ser o responsável pelo sofrimento? Não é Deus,  esse nos ama,  nem a vida, que é boa, nem os signos nem a sorte nem a falta dela, ou a enfermidade, mal irremediável muitas vezes, o responsável  pode ser apenas e tão somente... o seu voto!

Assim, acontece, caros amigos, e ao cabo digo que todo o e sofrimento daquelas pessoas poderia ser evitado com melhor utilização dos recursos públicos se apenas fosse implantado  um pequeno  centro de hemodiálise em Pilão Arcado.

Mas quem disse que o Vampiro administrador dos recursos de Pilão se importa com o sofrimento alheio? Não se importa,  apenas lhe importa a farra, a piada e a pose descarada, pensando que todo o Pilão é  feito de gente besta.

Quanto a unidade para hemodiálise em Pilão, para se ter uma idéia, se uma máquina custa estimados 80 mil reais,  com aqueles mesmos recursos,  ou menos, a solução seria definitiva e muito melhor, não é verdade?

Pois bem, aqui está posta a idéia e o prefeito  Joaozinho,  que não as  tem boas,  poderá  fazer uso desta,e desde logo  autorizo-lhe o uso.


29/06/14

CRIMES DOS RICOS E CRIMES DOS POBRES



Por Perez Luiz Mangueira Bastos



Sabemos todos que o baronato, aqueles moradores ocupantes do andar de cima da pirâmide social, comem e vestem-se muito bem, obrigado; moram em casarões, tem sítio para o deleite semanal com churrasco, sombra e água fria, desfilam em carrões e podem também investir na educação dos filhos enviando-os para estudar nos melhores cursos.

Assim é na vida e é em Pilão. O que explica, por exemplo, porque filhos de rico tornam-se médicos e engenheiros e os dos pobres, enfermeiros e pedreiros e explica porque vários dos filhos de Pilão pertencentes ao “andar de cima”, depois de graduados costumam retornar á terrinha para viver por cima da carne seca com salários de baronato.

Os crimes praticados pelos ricos ostentam nomes desconhecidos do grande público, são os chamados de colarinho branco e quase nunca dão cadeia (por que vocês acham que Ali Babá e os 40 estão aí sassaricando e contando prosa e galhofa?) e são crimes que, normalmente, revelam-se muito rentáveis.

São estes alguns dos crimes de ricos: fraude à licitação, improbidade administrativa, captação ilícita de sufrágio, advocacia administrativa, tergiversação, sonegação fiscal, receptação, apropriação indébita, concussão, peculato, tráfico de influência (isto mesmo, de influência), descaminho, evasão de divisas, corrupção ativa e passiva, gestão fraudulenta, falsidade ideológica, crime contra a ordem econômica, a propriedade intelecutal.. só nome bacana, entendeu?

           


Mas não se iluda, por causa desses crimes de ricos de nomes pomposos, sem sangue e aparentemente inofensivos, de significado incompreendido para a maioria, por causa deles milhares de pessoas tem vida abreviada por falta de assistência médica adequada, milhares, vida à fora, sem condições de prosperar, sofrem dificuldades e privações porque receberam educação precária, deficiente, e milhares, porque não desenvolveram suas potencialidades e capacidade, mínguam e vivem sob o jugo do aluguel, e milhares ainda sofrem no cotidiano sem água potável, sem estradas, sem transporte, sem oportunidades....

Por esses crimes de ricos o povo é condenado a viver humilhado vendo seus filhos fugirem para São Paulo para servir como operário de mão de obra barata. São os filhos que partem em busca da dignidade e realizações de seus sonhos que sua terra natal somente oferece para os filhos dos ricos.



Já os crimes de pobre todos sabemos de cor e salteado: a TV mostra o tempo todo e na cadeia de Pilão está cheia de presos porque praticou alguns deles, todos sabemos quais são:

Roubo, furto, tráfico, estupro, homicídio, sequestro, extorsão, estelionato, tráfico de drogas....

Segue mais um crime de rico: lavagem de dinheiro! E por falar em lavagem, o vereador Antônio Medeiros do PT disse-me que descobriu no Tribunal de Contas dos Municípios que no mês de maio o Mercadinho União faturou para a prefeitura de Joãozinho Babá o fornecimento de 4.500 caixas de sabão em pó!

Tanto sabão para lavagem de dinheiro? Não, não, meu amigo, é para lavagem da égua mesmo.

Lavagem de dinheiro é mais um daqueles crimes ditos acima, nome de significado difícil, praticado pelo baronato e que normalmente termina você sabe como.


28/05/14

CGU - CONTROLADORIA GERAL DA UNIÃO E DGPA - DESCONTROLADORIA GERAL DE PILÃO ARCADO


Por Perez Luiz Mangueira Bastos 


CGU, ou  Controladoria Geral da União, é um órgão de fiscalização e controle do Governo Federal  que, em razão da Reportagem Laranjas do Sertão na Rede Record exibida em rede nacional, baixou em  Pilão Arcado onde permaneceu por 5 dias,  impondo pânico na cambada que faz traquinagens com as verbas públicas conferindo como de fato são  administrando os recursos públicos recolhidos de todos os brasileiros através de tributos, impostos e taxas. 

Sabe-se que os fiscais apreenderam documentos, computadores e visitaram as obras inacabadas como esta da foto, que se arrasta, como igualmente outras, há anos. 

DGPA, ou Descotroladoria Geral de Pilão Arcado, por sua vez, não é órgão, trata-se na verdade de um esquema de administração dedicado em desviar os ditos recursos através de firmas fantasmas até de S.Paulo ,  firmas em nome de laranjas em proveito do grande esquema dos  40 camaradas de  Ali Babá que, sabendo da fiscalização, correu a Brasília para buscar água a fim de abaixar a fervura da panela. 

Me limitarei em falar porém de quatro convênios do Governo Federal com a Prefeitura de Pilão Arcado. 

Pois bem, foram enviados para Pilão Arcado, através do Ministério da  Saúde,  com objetivo de combater doenças, inclusive chagas,  recursos no total de R$ 1  milhão e seiscentos mil  reais para serem aplicados em melhorias sanitárias nas residências dos pilaoarcadenses menos favorecidos. 

Cópias dos extratos dos convênios,abaixo.

Depois então de fazerem cadastros de casas  em alguns povoados, como  Brejo da Serra, para aplicação desses recursos que dariam para atendimento de cerca de  1.000 residências, gastando em cada R$ 1600 reais,  adivinhem o que aconteceu com as ditas e sobreditas verbas de um milhão e seiscentos mil 

Tomou doril? Não!, tivemos notícias de  recursos para banheiros naquele vídeozinho maravilhoso que flagrou o Sr. Prefeito com a boca na butija  tentando comprar o voto de uma senhora prometendo-lhe melhoria no banheiro apenas  com alguns caraminguás, mas em troca de votos!  

Quer dizer, com sua esperteza de gato,  seus olhos de gatos, mãos de gato, leveza de gato, jeito de gato e manha de gato, o espertalhão  candidato a reeleição, agatanha os recursos do povo para  depois, em campanha, posar de bom e benfeitor distribuindo merrecas em troca de votos! 

Temos notícias desses recursos também nos carros e casas, posto de gasolina e academia de ginástica de alguns barões de Pilão, senhores do dinheiro do povo,  que, acreditem, até mesmo um condomínio (feio é certo), mas  exclusivo  estão construindo em Pilão!, vejam as fotos.. 

Casarões: 
ImagemImagem 

Carrões: 
ImagemImagem 

Posto de Gasolina e Academia de Ginástica: 
ImagemImagem 

Condomínio Particular: 
ImagemImagem 

Definitivamente o povo de Pilão precisa se dar o valor e exigir respeito, amigos! ser  enganado algumas vezes, vá lá, mas  roubado a vida inteira, sendo feito de besta,  viver sob opressão, sofrimento e privações de toda ordem,   não é aceitável. 

punições para Ali Babá e sua turma, quando será? 



Extrato: